Tsunami da Educação em Pelotas

Tsunami da Educação em Pelotas

Cibele Gil

No dia de ontem (15/05), o tsunami da educação tomou conta das ruas do Brasil e em Pelotas não foi diferente. Cerca de 10 mil pessoas deixaram as ruas do centro da cidade completamente lotadas para rechaçar os cortes na educação pública brasileira, anunciados recentemente pelo Governo Bolsonaro.

Um governo que demonstra a cada novo dia a sua completa incompetência para governar o país, o desrespeito com a diversidade e a dignidade do povo brasileiro e o compromisso com a retirada dos direitos arduamente conquistados pelos estudantes e a classe trabalhadora desse país.

Enquanto milhares de estudantes e trabalhadores ocupavam às ruas em defesa da educação pública, gratuita e de qualidade, o Presidente Bolsonaro (em viagem aos EUA), chamava os manifestantes de “uns idiotas úteis, uns imbecis”, “massa de manobra” e que “não tem nada na cabeça”. É absurdo o desrespeito com os estudantes brasileiros.

Cibele Gil

Fizemos um 15M gigante nas ruas para demonstrar nossa completa indignação e contrariedade com os posicionamentos e as políticas sujas de Bolsonaro, não recuaremos e não admitimos nenhum direito menos.

O PSOL reafirma sua oposição a Bolsonaro e o compromisso com as lutas pela garantia dos direitos da população brasileira. Nos encontraremos novamente nas ruas, no dia 14 de junho para novamente dizer não às políticas vergonhosas desse governo e para barrar a reforma da previdência.

Créditos:

Fotos e Cenas: Cibele Gil e Mike Dileio.

Montagem e finalização: Rogério Peres.

Texto: Mariele Domingues.

 

2019-05-16T22:15:43-03:00By |

About the Author:

PSOL Pelotas