Rio Grande do Sul

O VI Congresso do PSOL gaúcho demonstrou o vigor de sua militância. 

PSOL Pelotas
Escrito por PSOL Pelotas

Informe do Presidente Estadual, reeleito, Israel Dutra:

Depois de meses de debates em dezenas de cidades, mobilizando quase dois mil filiados, concluímos no domingo nosso congresso estadual.
Foi um rico congresso, com a presença de convidados como PCB, UP, PSTU, PPL, entre vários. Um congresso que estava sob a égide das duras greves que marcam o cenário estadual e municipal. Em breve estaremos disponibilizando o balanço e as principais resoluções.
Além de uma grande participação das mulheres e dos negros e negras do partido, votamos um firme plano de apoio às lutas como a paralisação do dia 10 de novembro, além da solidariedade irrestrita às greves da educação e do funcionalismo público em Porto Alegre.
No âmbito da tática eleitoral, aprovamos por unanimidade a pré-candidatura de Roberto Robaina ao Piratini, e na principal votação, apontamos a disponibilidade de Luciana Genro voltar a disputar a eleição presidencial, como muito bem fez em 2014. Tal apontamento contou com cerca de 90% dos delegados.
Os desafios da próxima gestão que se inicia são múltiplos. Por um lado manter a marca combativa e militante do Partido aqui no estado; por outro ampliar em três frentes:
– uma interiorização massiva para empoderar os diretórios e núcleos em todas regiões do estado.
– maior centralidade e reorganização das setoriais.
– um ambicioso plano de formação política. O militante que sabe mais, luta melhor.
São esses desafios na toada da canção de Brant e Milton, onde muito já feito é preciso reconhecer, mas mais vale mesmo o que será.
Novos outubros nos esperam.

Sobre a autoria

PSOL Pelotas

PSOL Pelotas

Comente